terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Gustav Klimt

  “O que queira saber sobre mim – como artista, digno unicamente de atenção – deverá observar detidamente meus quadros e tentar reconhecer neles quem sou e, então, o que quero”.

Gustav Klimt, nasceu em 14 de julho de 1862 em Baumgarten, nas redondezas de Viena. Aos 14 anos ingressou na Escola de Artes Aplicadas de Viena, conseguiu bolsa de estudo e logo os professores surpreenderam-se com ele.

Na Escola de Artes Aplicadas, Klimt fez parceria com Franz Matsch e mais tarde com Ernst (irmão mais novo de Klimt), formou-se assim um trio de artistas que eram convidados para pintarem grandes obras.

Gustav é considerado o precursor da vanguarda vienense, ele defendia a junção do artesanato e as belas-artes. O feminino foi o tema mais abordado pelo pintor, em suas telas ele desenvolveu um especial tratamento plástico. Inspirou-se nos mosaicos bizantinos e com habilidade aplicou em suas telas folhas de ouro e prata.

Breve Cronologia

1862 – Nasce em Baumgarten (imediações da Viena imperial)
1876 – Ingressa na Escola de Artes Aplicadas de Viena
1877 – Formasse o trio de artistas: Gustav, Ernst e Matsch
1879 – Ganha nova bolsa de estudos e é encaminhado ao departamento de pintura, dirigido por Ferdinand Laufberger
1883 – O rei da Romênia encomenda ao trio uma serie de retratos de antepassados para seu palácio de verão em Peles.
1890 – A Companhia de Artistas recebe outra grande encomenda, pintar o hall do Museu de História da Arte.
1894 – Ernst já havia falecido e diante das diferenças de estilos entre Match e Gustav, ocorre a dissolução da Companhia de Artistas.
1897 – Klimt e outros artistas formam a Associação Austríaca de Artistas Figurativos, visando a modernização da Casa dos Artistas, que culminou na Sucessão Vienense.
1898 – A Sucessão Vienense realiza sua primeira exposição.
1900 – A tela Filosofia recebe reconhecimento internacional na Exposição Universal de Paris, recebe a medalha de ouro como melhor obra estrangeira.
1901 – Escandaliza a comunidade acadêmica com a obra Medicina, acusado de depreciar a medicina diante da morte
1903 – segunda viagem à Itália, conhece os mosaicos bizantinos de Ravena
1907 – Retrata Adele Bloch-Bauer, com quem teve um relacionamento
1915 – Morre a mãe do pintor, abalando profundamente o pintor
1917 – Klimt é nomeado membro de honra das academias de Belas-Artes de Viena e de Munique
1918 – vitima de um acidente vasculhar que paralisou o lado direito do corpo, Klimt morre em 6 de fevereiro, aos 55 anos, de pneumonia.

Galeria de Quadros

- O teatro em Taormina (1886-1888, óleo sobre fundo de estuque)
obra solicitada ao trio de artistas, teto do edifício Burgtheater

- A esperança I (1903, óleo sobre tela)

- Retrato de Adele Bloch-Bauer I (1907, óleo e folha de ouro e prata sobre tela)

Referência: Folha Grande Mestres, Gustav Klimt

IMAGENS:
http://2.bp.blogspot.com/_jStjHCvPAog/S-6eYZ9MlkI/AAAAAAAAAVc/kdOmsE4VdPU/s640/GustavKlimt.jpg
http://rlv.zcache.com/klimt_the_theatre_of_taormina_poster-p228095308805154023trma_400.jpg
http://blog.soliarte.com.br/wp-content/uploads/2010/07/k3.jpg
http://www.artchive.com/artchive/k/klimt/klimt_hope1.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Vai comentar?

Escreva algo construtivo, mostre que tem algo a contribuir!

Reclamações, dúvidas ou sugestões também são bem vindas...

Agradeço a colaboração