domingo, 5 de dezembro de 2010

Fatigati sed non saciati

Cansado, mas não satisfeito

O vento aqui em cima é intenso neste horário... Para que criar sacadas e nelas não olhar para o mundo em volta? Deixei meu cabelo crescer demais... Os cachos entrando nas minhas orelhas algumas vezes me incomodam, apesar de que acho esteticamente bonito.

Não que eu pense só em coisas fúteis, é porque sou muito complicado. Minha vida virou uma bola de neve, ainda tem um aperto seco no meu peito que de mim não quer separação. Como são bonitas as luzes dos faróis dos carros lá em baixo, mesmo na cidade, a noite deixa o ar mais puro. Porque sair da minha vida assim? Acho que sempre peço mais do que as pessoas podem me oferecer, talvez eu ofereça de mim mais do que eles desejam possuir.

Eu sabia sorrir forçado, mesmo nas ausências... Mas não consegui mais quando a ausência era do meu próprio eu. Alguns sorriram quando eu disse isso, na verdade eu não disse, mas eles sempre sorriram de mim, iriam sorrir se eu dissesse. Não é a solidão o que me incomoda, mas sim o que fazer com ela. Não quero escolher entre coisas virtuais ou entre péssimas pessoas reais...

Realmente é preciso cuidar das plantas, quando eu as comprei elas estavam tão bonitas. Com todo o carinho as coloquei aqui bem pertinho da borda. Mas estão secas, como eu aqui bem pertinho da borda. O vento me deixa meio tonto, quatro andares abaixo de mim, meus pés voando sobre o jardim do prédio.

É um abraço! Um abraço é o que eu quero agora... Abro os braços, me abraço... Estou alto, alto... Abro os braços e vou abraçar tudo lá em baixo, rápido, vento de um lado e do outro.

IMAGEM: http://3.bp.blogspot.com/_3ORvGKpz95g/S74-lHTG-8I/AAAAAAAAACY/-8xJLLriaM4/s1600/suicidio%5B14%5D.jpg

Um comentário:

  1. "Acho que sempre peço mais do que as pessoas podem me oferecer, talvez eu ofereça de mim mais do que eles desejam possuir."

    É disso que eu sempre falo...é isso que eu sempre vivo!

    Acho que o meu mal é esse...que as pessoas me deem aquilo que eu dou =/

    ResponderExcluir


Vai comentar?

Escreva algo construtivo, mostre que tem algo a contribuir!

Reclamações, dúvidas ou sugestões também são bem vindas...

Agradeço a colaboração