terça-feira, 15 de março de 2011

Dia de Sol

O sol abençoava o litoral do estado e na manhã daquele domingo soprava um vento leste, refrescando e renovando os ânimos.

Estava acordado, mas dando voltas na cama com a preguiça costumeira ao levantar. Ainda ruminava as marcas do amor que embalou a noite anterior. Um amor valente e arrebatado, no entanto, doce, com sabor de primeiras núpcias.

Seu sorriso era largo, com a beleza da praia vista da janela. O objeto de sua alegria chegou no quarto com gosto de maresia e satisfação de quem acorda cedo para aproveitar as belas manhãs, mesmo após noites curtas.

Os olhos se denunciavam, mesmo antes de se cruzarem. Quando as mãos se tocaram, o mundo (em um raio de mil metros) desapareceu! Eram cúmplices de um sentimento veemente que exigia juras eternas e os separavam do restante dos mortais. Contemplaram-se com a admiração própria dos enamorados e tocaram-se em um composto de curiosidade e familiaridade.

A manhã teve fim, deu espaço para o inicio de uma tarde tranqüila, com cantigas de amor ao fundo. Banharam-se, almoçaram e foram de mãos dadas tomar sorvete na beira da praia. 

IMAGEM:http://2.bp.blogspot.com/_MREWDtf7qtM/TTb8FFKifNI/AAAAAAAAAYA/24Eqj3Rj1aM/s1600/maos+dadas%252C+casal%252C+praia%252C+amor%252C+paiz%25C3%25A3o%252C+saudade%252C+sedu%25C3%25A7%25C3%25A3o%252C+passeio%252Cpoemas%252C+poesia.JPG

2 comentários:

  1. Acordar ao lado de quem você gosta e poder curtir todo um dia de praia muito bem ensolarada é tudo de bom!

    ResponderExcluir
  2. Deu até vontade de ir à praia, ainda mais com aquela pessoa amada, onde tudo parece se resumir a esse simples momento e os problemas...esses a onda do mar levou

    ResponderExcluir


Vai comentar?

Escreva algo construtivo, mostre que tem algo a contribuir!

Reclamações, dúvidas ou sugestões também são bem vindas...

Agradeço a colaboração