terça-feira, 2 de agosto de 2011

Caracteres de um fim

“Acho que não precisamos nos excluir um da vida do outro". Foi com essa frase que ela terminou o e-mail que encerrou uma história.

Todo fim é triste, ela repetia várias vezes pra si mesma, por mais que todas as juras de amor fossem vãs com o passar do tempo, nos momentos que foram ditas, eram verdadeiras, ao menos da parte dela.

Ele se dizia apaixonado, mas como toda paixão é passageira a dele não foi diferente. Jurava todos os dias que ela era o amor de sua vida, a mulher mais incrível que ele já havia conhecido. Ela acreditava que ele era o seu príncipe encantado, mesmo não acreditando em príncipes. Ele era diferente, era divertido, lhe arrancava várias gargalhadas, era romântico, tão romântico que chegava a ser “meloso” e isso ela detestava.

Todo mundo falava que eles se completavam... Assim como o rio corre pro mar, eram os dois. Na primeira noite de amor, juraram amor eterno, que seria pra sempre, pois os corpos se encontravam perfeitamente, só esqueceram de um detalhe: Fora da cama todos os juramentos acabam.

Com o passar do tempo o "Príncipe virou um chato", o encantamento foi acabando e com ele a ilusão do pra sempre também. Para ele estava tudo bem, na cabeça dele ela já estava mais que conquistada. Porém ele não percebeu que o coração dela não é assim tão fácil de se conquistar, pois ela acredita que a razão deveria comandar todo e qualquer relacionamento. Seguindo a razão que ela tomou a decisão: Não da mais!

Foram muitas lágrimas antes que ela chegasse a essa conclusão, não porque existia o amor, "Lágrimas por ninguém, só porque é triste o fim" como diria Hebert Vianna.

Eles não ficaram amigos, assim como ela propôs no e-mail e muito menos colegas, como ela imaginava. Ele achou que ela agiu errado em terminar o relacionamento por e-mail e ela achou que ele deveria ao menos ter ligado pra conversarem, sobre a decisão já decidida!

Hoje ela vive feliz, não espera por muitas coisas. Tem dias que ela quer tudo e nos outro o nada. Na verdade é apenas uma mulher ainda menina que o que mais deseja é ser feliz nas pequenas coisas.
Ele? Talvez esteja vagante, fazendo outras juras de amor, em outros lençóis.

Michelle Neves

IMAGENS: http://4.bp.blogspot.com/-oxMtRl8jwck/ThZjMqwFeJI/AAAAAAAAEJ0/e4ca90tbYEo/s1600/coracao_partido3.jpg
http://blog.c3dweb.com.br/wp-content/email-marketing.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Vai comentar?

Escreva algo construtivo, mostre que tem algo a contribuir!

Reclamações, dúvidas ou sugestões também são bem vindas...

Agradeço a colaboração